História do Prolatino PDF Imprimir E-mail

CONGRESSO INTERNACIONAL DE CONTABILIDADE DO MUNDO LATINO: PROLATINO

Nasceu o PROLATINO de um projeto do Prof. Dr. Antônio Lopes de Sá, elaborado em 1997 com a intenção de dar destaque à cultura, berço da Contabilidade Moderna e Científica, ou seja, a dos países latinos. Valeu-se, o criador do evento, de seu profundo conhecimento científico da literatura pertinente e das estreitas e amplas relações que, tradicionalmente, ele manteve com as maiores autoridades do mundo intelectual contábil, integrado a academias e entidades culturais da Itália, Espanha, Portugal, França, Argentina, Colômbia, Chile e de outros países de língua latina.

O conceito do professor Lopes de Sá no exterior garantiu o sucesso do empreendimento, conseguindo, em apenas 12 anos, realizar 10 edições do mesmo, fato jamais verificado no campo científico da Contabilidade.

O primeiro evento ocorreu na cidade de Salvador, Bahia, sob os auspícios da Fundação Visconde Cairu, instituto presidido pelo Professor Walter Crispim da Silva, com a participação do Centro de Pós-Graduação da entidade.

Apoiaram a iniciativa algumas importantes instituições: a Academia Brasileira de Ciências Contábeis, seguida do Conselho Federal de Contabilidade e de Conselhos Regionais dos Estados brasileiros que sediaram o evento (Minas Gerais, Maranhão, Pernambuco e São Paulo).

O objetivo do conclave foi buscar, em Portugal, Espanha e Itália, assim como nos países sulamericanos e de idioma latino, conferencistas famosos que pudessem divulgar o pensamento dos seus países de origem.

O Professor Lopes de Sá vislumbrava, na iniciativa, a oportunidade de dar sentido realmente universitário ao evento, valendo-se de uma cultura aberta capaz de oferecer aos participantes uma visão ampla do que lhes era sonegado pela imposição dos modelos anglosaxônios.

Após o bem sucedido primeiro evento, e, já no ano seguinte, realizou-se em Belo Horizonte uma nova edição, e, sucessivamente em São Luiz do Maranhão, Poços de Caldas,em Minas Gerais, Recife, São Paulo e novamente em Salvador.

Em 2006, pela primeira vez, por influência do CTOC – Câmara de Técnicos Oficiais de Contas, então presidida pelo Dr.António Domingues Azevedo, realizou-se o primeiro evento em Portugal, com um elevado sucesso e presença de cerca de 2.000 participantes.

As oito edições do que hoje se denomina Congresso Internacional de Contabilidade do Mundo Latino consolidaram o evento.

O IX PROLATINO teve lugar em Lisboa, em novembro de 2007, com apoio do Conselho Federal de Contabilidade do Brasil, sob a direção da Professora Maria Clara Cavalcante Bulgarim, nele presentes cerca de 3.000 profissionais, inclusive de nacionalidade brasileira.

Quando do 18º Congresso Brasileiro de Contabilidade, em Gramado, em 2008, fixou-se a realização do X PROLATINO em Minas Gerais, com data prevista para novembro de 2009, tendo sido eleita a cidade de Uberlândia para sediá-lo.

Deliberou-se, na ocasião que XI PROLATINO se realizaria na cidade de Braga, em Portugal, em 2010, sob os auspícios da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, no entanto, realizou-se em setembro de 2011, na cidade do Porto, em Portugal.

Ressalte-se que até o X PROLATINO, todos sempre sob a mesma orientação filosófica, tiveram a coordenação do criador do bem sucedido evento, Professor Doutor Antônio Lopes de Sá, intelectual que produziu o maior número de obras em idioma latino, cujo enorme prestígio internacional assegurou sucesso a todas as edições.

 

Fonte: site do professor Antonio Lopes de Sá